Foi realizado nesta terça-feira, 15, o primeiro encontro de uma agenda de reuniões do Grupo de Trabalho do Plano Estadual Ferroviário com prefeitos dos municípios abrangidos pelo projeto da Nova Ferroeste. Participaram representantes das cidades da Região Metropolitana de Curitiba e do Litoral. “Estamos apresentando os primeiros levantamentos que já temos em relação ao traçado e capacidade e recebendo a contribuição da sociedade”, explicou o secretário estadual de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex.

“Essa é a primeira de uma série de interações que teremos com os municípios. É muito importante a participação ativa, para que identifiquemos possíveis problemas e para já alterar na fase de estudos e buscar solução durante o projeto de engenharia”, disse o coordenador do Plano Estadual Ferroviário, Luiz Henrique Fagundes.

Foi apresentada a nova ferrovia de 1.285 quilômetros e o resultado dos estudos preliminares de demanda e engenharia. O projeto é do segundo maior corredor de exportação de grãos e contêineres do País, com capacidade para a movimentação de 26 milhões de toneladas no primeiro ano de funcionamento. “É o maior projeto estruturante que temos no Estado, um grande sonho do setor produtivo, algo que há muitas décadas foi discutido, mas que nunca chegou realmente a um estudo aprofundado, a um levantamento técnico ambiental, um estudo de viabilidade, como chegamos neste governo”, reforçou Sandro Alex.

Na Região Metropolitana de Curitiba e no Litoral o traçado da Nova Ferroeste vai passar por Balsa Nova, Lapa, Araucária, Contenda, Mandirituba, São José dos Pinhais, Morretes e Paranaguá.

Nas próximas semanas o GT Ferrovias seguirá a agenda de encontros em outras regiões do Paraná e no Mato Grosso do Sul, onde o traçado passa por mais oito cidades. “Até o momento da concessão, esse processo de interação vai ser constante, não só com os municípios, mas com a sociedade em geral”, reforçou Luiz Henrique Fagundes.

Participaram da conversa prefeitos e representantes de Paranaguá, Morretes, Fazenda Rio Grande, Contenda, São José dos Pinhais, Mandirituba, Balsa Nova, Lapa, Porto Amazonas, Palmeira, São João do Triunfo, Fernandes Pinheiro, Irati, Inácio Martins, Curitiba, Araucária, Guarapuava e Pinhais. Durante o encontro eles puderam fazer questionamentos, tirar dúvidas e sugerir alterações.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.