O Salão de Atos do Parque Barigui, em Curitiba, recebeu na última sexta-feira, 12, prefeitos dos municípios que compõem a Associação dos Municípios da Região Metropolitana de Curitiba, a Assomec. No encontro, os chefes executivos firmaram compromisso com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), com o objetivo da implementação da Agenda 2030, da ONU.

Este foi o segundo encontro com líderes municipais. O primeiro foi com a Amusep (Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense), em Maringá. Todas as 19 associações do Estado estão no radar, de acordo com o Governo do Estado.

Os ODS’s são 17 metas generalistas, como a erradicação da pobreza, da fome, redução das desigualdades, proteção de recursos naturais, promoção da igualdade, desenvolvimento econômico, entre outros. “Nós estamos mobilizando os prefeitos junto com a SEDU (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas), Paranacidade, para que os ODS, a Agenda 2030, sejam utilizados efetivamente para tomada de decisão. Esse é o pedido do próprio governador e consta em seu plano de Governo”, destacou a vice-presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (Cedes), Keli Guimarães.

A abertura do evento foi realizada pelo vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel, que exemplificou a importância de assumir o compromisso com estes objetivos para os municípios. “Curitiba já assinou esse compromisso e graças a esse documento recebemos dois investimentos internacionais. Um de 50 milhões de dólares para requalificar as linhas de ônibus e outro, de 50 milhões de euros, da Agência Francesa de Desenvolvimento, para promover a conservação do meio ambiente. O mundo olha para as cidades que se comprometem com os ODS, com o desenvolvimento sustentável”, afirmou.

Entre os prefeitos que assinaram o documento, estava o prefeito de Colombo, Helder Lazarotto. O dirigente registrou a ocasião em seu perfil no Instagram. “Participei da reunião da Assomec, onde junto com os demais municípios, assinamos os compromissos relativos à Agenda 2030, que prevê o desenvolvimento sustentável”, publicou.