No sábado, 17 de julho, foi oficializada a conclusão do lote 3.1 da Linha Verde Norte, em Curitiba. A entrega do trecho foi marcada pelo início do funcionamento das estações-tubo Vila Olímpica e Fagundes Varela, com os ônibus do transporte coletivo circulando pela canaleta central da Linha Verde. “Nós terminamos mais um trecho da Linha Verde. Vamos terminá-la nesta gestão e vamos fazê-lo com entusiasmo porque Curitiba merece”, afirmou o prefeito Rafael Greca.

O trecho concluído possui 2,46 quilômetros e vai do viaduto da Avenida Victor Ferreira do Amaral até as proximidades do Hospital Vita. “Herdamos essa grande e complexa obra. O resultado do trabalho intenso está aí, com o término do lote 3.1. Logo iremos também concluir a trincheira da Rua Fulvio José Alice, que ligará Bairro Alto e Bacacheri sob a Linha Verde. E, dia a dia, avançamos com o serviço entre o Conjunto Solar e o Atuba, que pretendemos entregar no próximo ano”, comentou o secretário municipal de Obras Públicas, Rodrigo Rodrigues.

Entre as ações de conclusão do trecho esteve a construção de uma passarela metálica para pedestres. A nova estrutura fica perto da Estação Vila Olímpica e liga Bairro Alto e Bacacheri, nas proximidades do encontro com as ruas Dante Angelote e Coronel Francisco de Paula Moura Britto, em lados opostos da Linha Verde. Também executadas obras de drenagem, galeria celular, terraplenagem, pavimentação em concreto na canaleta exclusiva e em asfalto nas demais vias, calçadas, paisagismo, plantio de árvores, obras de acessibilidade, implantação das duas estações-tubo (Vila Olímpica e Fagundes Varela), iluminação pública, sinalização horizontal e vertical, e contenções.

Para concluir o Lote 3.1 da Linha Verde Norte foram necessários investimentos de R$ 58,6 milhões. Parte desse recurso foi financiado pela Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD).

Lote 3.2

Para que a liberação do transporte coletivo na região fosse possível, uma parte do Lote 3.2 teve de ser concluída em paralelo. Este trecho envolve a obra da trincheira da Rua Fulvio Alice, que forma o binário com a Gustavo Rattman/José Zgoda na ligação ao Bairro Alto por baixo da Linha Verde

A parte superior da trincheira, com as pistas de rolamento dos veículos e a canaleta para o transporte coletivo, está praticamente concluída. As obras seguem acontecendo em cerca de 200 metros da pista marginal no sentido Norte e devem ser finalizadas em dez dias. Na parte de baixo da trincheira e nas alças de acesso para a Linha Verde os trabalhos também seguem em andamento. A previsão para conclusão total deste trecho é até o fim deste ano.

Atualmente, os trechos em obras são o Lote 3.2 (Trincheira da Rua Fulvio Alice) e o Lote 4.1, que compreende o trecho entre a Estação Solar e Estação Atuba, numa extensão aproximada de 2,84 quilômetros.