Na manhã desta quinta-feira, 11, o Governo do Estado liberou R$ 60 milhões para o Consórcio Metropolitano de Saúde do Paraná (Comesp), que atua nas regiões Sul e Norte da RMC. O repasse se deu pelo programa de Qualificação dos Consórcios Intermunicipais de Saúde (Qualicis) e o montante deverá ser repassado em 48 parcelas.

Parte do recurso liberado será destinado para a construção dos Ambulatórios Médicos de Especialidades previstos para as cidades de Colombo (no bairro Jardim Monza) e São José dos Pinhais. O recurso também servirá para aumentar a oferta de atendimento especializado em clínicas, hospitais e unidades de diagnóstico e terapia, fortalecendo a regionalização e aproximando o serviço de saúde da casa das pessoas.

A estimativa é que cerca de 3,7 milhões de usuários sejam beneficiados. “Tínhamos o compromisso de dobrar o investimento nos consórcios e, graças ao apoio e orientação do governador Ratinho Junior, conseguimos honrar essa promessa”, disse o secretário estadual da Saúde, Beto Preto. “Isso reforça o atendimento especializado e regionalizado no Paraná”.

O prefeito de Colombo, Helder Lazarotto, esteve presente na reunião que sacramentou a liberação de recursos e destacou a importância do futuro ambulatório, que atenderá não apenas Colombo, mas também as demais cidades da área Norte da Região Metropolitana. “Vamos ter um avanço no número de consultas e exames especializados para ofertar para a população da Região Metropolitana, dando maior vazão a toda a demanda reprimida durante os períodos mais críticos da pandemia”, disse.

A assinatura do repasse de recursos para o Comesp foi acompanhada pelo diretor-geral da Secretaria da Saúde, Nestor Werner Junior; a diretora-geral do Comesp, Daniela Cavalcante; a secretária municipal de Saúde de Colombo, Marilda França Gimenes Zanoni; o secretário municipal de Saúde de Almirante Tamandaré, João Gustavo Kepes Noronha; a diretora do Comesp, Konstance Johnsson Kremer; e o assessor do Comesp, Vilson Goinski.