A Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba começou nesta terça-feira, 8, a imunização contra covid-19 da população em situação de rua. Nesta fase, podem se vacinar apenas pessoas que estão acolhidas em unidades oficiais e parceiras, além daquelas que procurarem espontaneamente a Praça Solidariedade, desde que possuam cadastro que comprove a situação de rua.

A FAS (Fundação de Ação Social) espera vacinar, neste primeiro momento, aproximadamente 1.600 pessoas. Algumas das pessoas em situação de rua acolhidas pelo município já foram imunizadas, seguindo o cronograma da Saúde, de acordo com a idade e comorbidades.

A imunização acontece das 8h às 11h, dependendo da unidade, e vai até sexta-feira. Para quem está acolhido nas casas de passagem, unidades de acolhimento oficiais e república, a vacinação ocorre no local.

Os acolhidos em unidades da rede parceira, que serão imunizados a partir de quinta-feira, 10, serão transportados pela FAS até o ponto de vacinação.  

Já os acolhidos nos quatro hotéis sociais mantidos pelo município devem se dirigir à Praça Solidariedade, que funciona na Rua Engenheiros Rebouças, 875, no Jardim Botânico.