A Polícia Militar do Paraná cumpriu 214 mandados de prisão em todo o Estado durante ações da Operação Báratro, iniciada há doze dias. A operação consiste numa força conjunta dos policiais do Centro de Inteligência da PM com as unidades de área, para localizar pessoas que tenham mandados de prisão ou de busca e apreensão (no caso de adolescentes) em aberto.

Durante a ação já houve prisões realizadas por 36 agências de inteligência espalhadas pelo Estado. O 1º Batalhão de Polícia Militar (Ponta Grossa e região) teve 20 mandados cumpridos até então, seguido pelo 4º BPM (Maringá e região), com 16 mandados, pelo 22º BPM (Colombo e região), com 15, e pela 4ª CIPM (Zona Norte de Londrina), com 14.

Para que sejam efetivamente presas ou apreendidas, os policiais militares fazem uma análise de inteligência e o uso de técnicas operacionais para localizar e deter essas pessoas. “Foi um trabalho intenso de todas as agências locais e regionais de Inteligência e, graças a esse empenho, esses marginais foram presos e já estão à disposição da Justiça”, disse o comandante-geral da PMPR, coronel Hudson Leôncio Teixeira. “A operação vai continuar e nosso objetivo é tirar estas pessoas das ruas para que a população tenha mais tranquilidade”.