Entre os dias 21 e 28 de agosto, é comemorada a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla. A data foi instituída pela Lei nº 13.585/2.017 e tem como objetivo o desenvolvimento de conteúdos para conscientizar a sociedade sobre as necessidades específicas em relação às políticas públicas, que promovam a inclusão social deste recorte da população.

Em Colombo, os setores que atendem os estudantes no município foram mobilizados para realizar atividades com o intuito de divulgar, informar, socializar e fomentar a inclusão e o combate ao preconceito. Foram realizadas ações nas escolas, CMEI’s e nas unidades da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) e Centro de Atendimento Especializado dos Deficientes Visuais (CAEDAV). “Tivemos muitas demonstrações de engajamento dos profissionais da educação em Colombo mostrando a capacidade de atender bem as pessoas com deficiência e produzir grandes resultados”, disse a coordenadora do Núcleo Pedagógico do Ensino Especial/Inclusão, Cristina Vidolin.

De acordo com a profissional, o trabalho inclusivo é uma constante no cotidiano da Educação em Colombo. “Através dos materiais em forma de cartazes, vídeos, aulas com professores, foi mostrado como se dá a adaptação curricular em uma gama de demonstrações de que há no município um processo inclusivo em franca atividade. Enfim, nosso tema motivador ‘É tempo de transformar o conhecimento em ação’, foi plenamente entendido e está sendo exercitado. Estamos colocando em prática o aprendizado”, afirmou.