Os cães e gatos também são acometidos pelo câncer de próstata, por isso os tutores precisam levar a sério a prevenção. A campanha Novembro Azul Pet tem como proposta mostrar a importância dos exames em cães machos com o objetivo de diagnosticar as doenças que são desenvolvidas na próstata, principalmente dos animais de meia-idade a idosos.

Nos animais domésticos, o índice de câncer nessa região está crescendo, reforçando ainda mais a necessidade da conscientização. 

“A crescente incidência, principalmente da Hiperplasia Prostática Benigna, que é o aumento bilateral do tamanho da próstata, acomete quase que 100% dos cães não castrados, durante o avançar da idade. Não excluindo as Prostatites Bacterianas (infecções), os Cistos Prostáticos e o câncer propriamente dito”, conta o site da empresa Quatree. 

Como prevenir

A castração é a maior prevenção. Cerca de 80% dos animais machos não castrados, principalmente os cães, apresentam doenças de próstata quando adultos, a partir dos oito anos.

Uma alimentação balanceada contribui para uma vida mais saudável, além de manter o pet sempre ativo, o que ajuda na redução de doenças. Além disso, consultas regulares no veterinário ajudam em um diagnóstico precoce e aumentam as chances de cura. 

Sintomas

Nos cães, os sintomas mais comuns são: dificuldades para defecar, incontinência urinária, constipação, perda de peso e diminuição do apetite.