Só em 2020, no Brasil, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), cerca de 13% dos casos de câncer de mama poderiam ter sido evitados com a mudança de estilo de vida com hábitos mais saudáveis, como a prática de exercícios físicos. No mesmo ano, mais de 2,3 milhões de mulheres no mundo descobriram que estavam com câncer de mama. Essa é a doença que mais mata mulheres atualmente. Em 2019, o país registrou 18.068 mortes por câncer de mama. 

De acordo com a Agência Brasil, o prolongamento da pandemia de covid-19 e a redução da procura de serviços médicos por parte das mulheres têm preocupado especialistas da Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM). Segundo a entidade, houve queda de 70% na presença de mulheres nas unidades hospitalares. A entidade alerta sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e a importância da realização de exames preventivos e visitas regulares ao médico.

As mulheres podem procurar o Sistema Único de Saúde (SUS) para realizar os exames de forma gratuita ou nas instituições filantrópicas como as Santas Casas e outras entidades assistenciais.

Estilo de vida

A Agência Brasil, ainda ressalta que segundo diversos estudos, o sobrepeso e a obesidade, além da falta de atividades físicas no dia a dia, aumentam os riscos para câncer de mama e ainda proporcionam uma má qualidade de vida para quem está em tratamento.

Um alto índice de massa corporal (IMC) no momento do diagnóstico pode reduzir a eficácia da quimioterapia à base de taxano, piorando os resultados de sobrevida. O taxano é uma droga lipofílica, assim a gordura presente no corpo da paciente pode absorver parte da droga antes que ela atinja o tumor. De acordo com esses estudos, pacientes com sobrepeso e obesidade tratadas com um regime de quimioterapia baseado no taxano tiveram sobrevida livre de doença e sobrevida global significativamente pior em comparação com pacientes magras tratados com o mesmo regime.

Conheça os principais sintomas na fase inicial do câncer de mama

O câncer de mama é uma doença causada pela multiplicação desordenada de células anormais da mama, que forma um tumor com potencial de invadir outros órgãos. 

Há vários tipos da doença. Alguns têm desenvolvimento rápido, enquanto outros crescem lentamente. A maioria dos casos, quando tratados adequadamente e em tempo oportuno, apresentam bom prognóstico.

O câncer de mama também acomete homens, porém é raro, representando apenas 1% do total de casos da doença, de acordo com informações do Instituto Nacional do Câncer  (INCA).

Sintomas

Na fase inicial, na maioria dos casos, esses são os principais sintomas: nódulo (caroço), fixo e geralmente indolor: é a principal manifestação da doença, estando presente em cerca de 90% dos casos quando o câncer é percebido pela própria mulher; pele da mama avermelhada, retraída ou parecida com casca de laranja; alterações no bico do peito (mamilo); pequenos nódulos nas axilas ou no pescoço; saída espontânea de líquido anormal pelos mamilos.

Outubro Rosa também é voltado para animais

Os animais também precisam de cuidados contra o câncer de mama. De acordo com o Conselho Federal de Medicina Veterinária, esse tipo de câncer atinge cerca de 30% das gatas e 45% das cadelas, principalmente idosas. A primeira medida de prevenção é a castração, principalmente antes do cio, já que essa doença possui dependência dos hormônios produzidos pelo útero e ovários. 

A segunda medida é o “autoexame”. Os donos dos pets devem fazer essa avaliação periodicamente apalpando uma por uma das mamas. Se nódulos forem notados, diferença entre o tamanho das mamas ou alguma secreção, o indicado é marcar uma consulta com um veterinário o quanto antes.

Para confirmar a existência do câncer, exame laboratorial é o mais usado, onde é realizada a citologia, que é feita através de uma punção do nódulo com uma agulha pequena. 

Se descoberto de forma precoce, as chances de cura são maiores e, geralmente, é realizada uma mastectomia não necessitando de tratamento quimioterápico, mas vai depender da situação, que é individual de cada animal.