A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou na última sexta-feira, 30 de abril, a produção do insumo farmacêutico ativo (IFA) da vacina contra Covid-19 da AstraZeneca, dentro do escopo de transferência de tecnologia da AstraZeneca para o Instituto Bio-Manguinhos.

Com isso, a Fiocruz está autorizada a iniciar a produção de lotes-piloto, em escala comercial, da vacina com o IFA produzido no Brasil. A produção será destinada ao Sistema Único de Saúde (SUS). Após a realização dos testes, a Fiocruz deve solicitar a inclusão do insumo no registro ou fazer um pedido de autorização de uso emergencial.

A aprovação técnica veio após a inspeção que verificou as Boas Práticas de Fabricação da linha de produção e concluiu que Bio-Manguinhos cumpre os requisitos das condições técnico-operacionais para iniciar a produção de lotes.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.