Simepar lança a operação “Alerta Geada” 2022 para ajudar os agricultores - Jornal de Colombo

Simepar lança a operação “Alerta Geada” 2022 para ajudar os agricultores

Simepar lança a operação “Alerta Geada” 2022 para ajudar os agricultores

POR EDUARDO TABORDA – JORNAL DE COLOMBO O Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), lançou nesta terça-feira (03), a operação do “Alerta Geada”, o serviço é oferecido durante os meses de maio a setembro. Um serviço que oferece para os produtores rurais do Paraná, avisos relacionados ao clima e trás com antecedência

POR EDUARDO TABORDA – JORNAL DE COLOMBO

Foto: Divulgação – SIMEPAR

Foto: Divulgação – SIMEPAR

O Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná (Simepar), lançou nesta terça-feira (03), a operação do “Alerta Geada”, o serviço é oferecido durante os meses de maio a setembro. Um serviço que oferece para os produtores rurais do Paraná, avisos relacionados ao clima e trás com antecedência informações para que estes produtores se preparem para proteger as suas lavouras, para evitar perdas causadas pelas geadas durante o período mais frio do ano.

Os meteorologistas do Simepar publicam diariamente durante o outono e o inverno, boletins informativos com todo o detalhamento sobre como a geada vai se “comportar” em todas as regiões do estado. Com um mapa interativo, o órgão divide este alerta em três fases, com cores específicas para a previsão que vai de fraca a forte, divida em três cores: Verde, amarelo e vermelho.

O serviço é disponibilizado gratuitamente em todas as plataformas sociais do Simepar, no App Store e no Google Play, nas páginas do IDR-Paraná, do Simepar e, ainda, pelo telefone (43) 3391-4500.

A ferramenta emite um pré-alerta com 48 horas de antecedências diante de eventuais aproximações de massas de ar frio e com potencial de causar danos as lavouras, além do boletim diário. Caso as condições persistam, um novo aviso é expedido em até 24 horas antes da possível ocorrência do fenômeno.

SERVIÇO – Em operação desde 1995, o Alerta Geada, originalmente formulado para a proteção dos cafezais paranaenses, vem beneficiando vários setores da agropecuária, lembra a agro meteorologista do IDR-PR, Heverly Morais. “Na silvicultura, por exemplo, para a proteção de viveiros e de mudas recém-implantadas no campo, produtores de hortaliças, aves e suínos também buscam os alertas emitidos pelo serviço”, diz a pesquisadora.

REALIZAÇÃO – O Alerta Geada conta com o apoio da Secretaria estadual da Agricultura e do Abastecimento (Seab), Consórcio Pesquisa Café, prefeituras, cooperativas e associações de produtores.

TEXTO REVISADO POR KAINAN LUCAS – CHEFE DE REDAÇÃO DO JORNAL DE COLOMBO

Kainan
EDITOR
PROFILE

Posts