A Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf) repassou recursos no valor de R$ 729 mil para entidades paranaenses que atendem idosos e crianças no Paraná. Foram contempladas a Associação Beneficente Curitibana; Recanto de Esperança de Curitiba; Associação Antônio e Marcos Cavanis, de Ponta Grossa; Associação Lar Rosas Unidas de Marechal Cândido Rondon, e o Asilo São Vicente de Paulo, do município de Castro. “Durante a pandemia, não fosse o trabalho realizado por essas entidades, a situação das pessoas em vulnerabilidade teria sido bem pior”, afirmou o secretário Ney Leprevost.

A Associação Beneficente Curitibana recebeu R$ 80 mil; o Lar das Rosas Unidas, de Marechal Cândido, R$ 200 mil e o Asilo São Vicente de Paulo, de Ponta Grossa, recebeu R$ 197 mil. Essas entidades atendem pessoas idosas e os recursos são do Conselho Estadual dos Direitos do Idoso do Paraná.

O Recanto Esperança de Curitiba, que teve repasse de R$ 150 mil, e a Associação Antônio e Marcos Cavanis, de Ponta Grossa, que recebeu R$ 101 mil, trabalham com crianças em situação de vulnerabilidade. Os recursos são do Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente do Paraná. “É bom ter a atenção do gestor público e o reconhecimento de que trabalhamos como parceiros para atender aqueles que precisam na nossa comunidade”, disse Padre João Holanda, representante da Associação Antônio e Marcos Cavanis.