O Programa Permanente de Esterilização de Cães e Gatos, o CastraPet Paraná, realizou a castração de 1.418 animais em sete municípios paranaenses durante o mês de novembro. Até o final do mês, são esperados mais 1.231 cães e gatos em outras 10 cidades. Foram atendidos Japira, Sapopema, Ventania, Curiúva, Santo Antônio da Platina, Candói e Guapirama. 

O CastraPet Paraná é uma iniciativa da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest), em parceria com as prefeituras municipais das localidades participantes. No total, foram investidos R$ 4,9 milhões pelo Governo do Paraná para atender 125 municípios. 

Desde o início do programa, em 2019, 8.892 animais já foram atendidos. Além de promover o controle populacional de cães e gatos, a iniciativa é uma maneira de promover a saúde única no Estado, uma unificação entre as saúdes humana, animal e ambiental. “Muitas doenças são provenientes da relação do homem com o animal e a esterilização é uma maneira de garantir a saúde e o bem-estar animal e humano”, destaca o secretário da pasta ambiental, Márcio Nunes.

Neste mês, o programa ainda passa pelos municípios de Conselheiro Mairinck, São Jorge d’Oeste, Quatiguá, Carlópolis, Renascença, Wenceslau Braz, Sengés, Capitão Leônidas Marques, Salto do Lontra e Planalto.