O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) tem R$ 82,3 milhões disponíveis para financiar projetos de investimentos ou como fonte de capital de giro a empresas do setor do Turismo no Paraná. Para a Região Sul a carteira é de cerca de R$ 280 milhões. Os recursos são do programa BRDE Turismo.

O programa tem como objetivo oferecer suporte para as empresas do setor, um dos mais afetados pela pandemia. “Há uma tendência muito positiva para as viagens internas, em especial o ecoturismo, que na região Sul do País tem grandes atrativos, incluindo a gastronomia. Somos parceiros, pois acreditamos que toda a cadeia do turismo tem condições de ampliar bastante o seu peso na economia regional”, afirmou o vice-presidente e diretor de Operações do BRDE, Wilson Bley Lipski, em referência à retomada econômica.

Desde 2020, foram liberados cerca de R$ 266 milhões através do programa BRDE Turismo, para fortalecer o setor no Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina. Até o momento, as empresas paranaenses somam pouco mais de R$ 109,6 milhões em operações.

Através do programa BRDE Turismo, o banco oferece empréstimos com carência de até 60 meses para investimentos fixos, como é caso de projetos de implantação, ampliação, modernização e reforma de empreendimentos turísticos. O prazo do financiamento é de até 25 anos. Já para aquisição de equipamentos e capital de giro isolado (recursos que ajudam no fluxo de caixa das empresas), o prazo de financiamento é de 72 meses e carência de um ano. Em todas as situações os juros são de 5% ao ano, mais taxa Selic.

Serviço

Para solicitar o financiamento, as empresas devem acessar o site www.brde.com.br, no ambiente do Internet Banking (IB) – ib.brde.com.br/Usuario/Login. Todas as operações serão através da plataforma digital e a documentação deverá ser inserida (upload) também através do site. O app do BRDE também traz as informações sobre o programa. Tem ainda o e-mail: brdepr@brde.com.br e WhatsApp: (41) 99234-4575.