Os Ministérios Públicos Federal, do Trabalho e do estado do Paraná, além da Defensoria Pública da União, expediram recomendação conjunta à Federação Paranaense de Futebol (FPF), na última segunda-feira, 29, para que sejam suspensas as partidas de qualquer campeonato, seja profissional ou das categorias de base. No documento, as instituições recomendam que os jogos de competições nacionais, regionais ou estaduais só devem ser retomados quando a situação epidemiológica permitir, ou seja, no momento em que for verificada a tendência de queda de novos casos de covid-19. Foi recomendado ainda que as partidas só sejam realizadas mediante prévia autorização específica pela autoridade sanitária local.

A recomendação foi expedida em razão dos níveis alarmantes de disseminação da covid-19 nas últimas semanas, que provocaram um aumento da média móvel de mortes diárias pela doença e levaram à decretação de medidas restritivas às atividades não essenciais em diversos estados brasileiros. No documento encaminhado à FPF, os MPs citam dados divulgados pela imprensa registrando 320 casos de covid-19 entre profissionais do futebol, o que indica a insuficiência dos protocolos e medidas adotadas pela CBF e pelas federações para conter o contágio.

O descumprimento das medidas recomendadas poderá implicar na adoção de providências administrativas e judiciais contra os responsáveis que se mantiverem inertes em relação à situação apresentada na recomendação.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.