No final do mês de maio, no dia 31, membros da Federação Paranaense de Ciclismo (FPC) visitaram as obras do Complexo Esportivo de Pinhais, que está sendo construído no bairro Maria Antonieta.

O grupo foi recepcionado pelos secretários municipais Bruno Sítima (Cultura, Esporte e Lazer) e José Martins (Desenvolvimento Econômico) que acompanharam os visitantes para conhecer o andamento das obras e abordar algumas questões técnicas do projeto.

O Complexo Esportivo de Pinhais terá 20 mil metros quadrados, e além da pista de ciclismo, o local terá uma quadra poliesportiva para modalidades de vôlei, basquete, handebol, com condições de receber competições individuais e eventos culturais e religiosos. O ginásio terá capacidade para 1,5 mil pessoas, e na parte externa, um campo de futebol e uma quadra de tênis. O local também será a nova sede da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer e a FPC foi convidada para transferir sua sede administrativa para o prédio do complexo esportivo.  “Pinhais terá o primeiro velódromo coberto do Paraná. A repercussão desta obra no meio do ciclismo paranaense está sendo maravilhosa, pois todos estão ansiosos, afinal queremos estar aqui nos eventos nacionais, além de trazer eventos internacionais. Além de tudo isso, vejo a oportunidade dos ciclistas treinarem em Pinhais, para formarmos uma nova geração de pista”, comentou a diretora técnica da FPC, Mônica Braga.

A delegação da FPC foi acompanhada pelo assessor de arbitragem da Confederação Brasileira de Ciclismo e árbitro internacional, Iverson Ladewig, que trabalha com ciclismo há mais de 50 anos. “Eu fui delegado técnico da União Ciclista Internacional e acompanhei a construção do velódromo no Rio de Janeiro, em 2007, para os Jogos Panamericanos. Agora, vendo toda essa estrutura que está sendo construída, tenho certeza que o município fará um grande trabalho. Fico extremamente feliz com essa obra, pois vejo que podemos fazer muitos eventos, trabalhar para revelar talentos, contribuindo para a vida das crianças”, disse o árbitro.

O secretário de Cultura, Esporte e Lazer de Pinhais, Bruno Sítima, vislumbrou a possibilidade do município metropolitano receber grandes eventos no futuro. “Teremos uma estrutura que será apta para diversas competições e mais barata comparada a que tinha no Rio de Janeiro, com manutenção menor e pista e climatização diferentes. Nós teremos uma pista com condições de trazer as competições nacionais para Pinhais. Isso é maravilhoso para o esporte, e também para a cidade, pois reforça o nome do município, atrai turistas que vão conhecer aqui, consumir e visitar a nossa cidade” destacou.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.