A Biblioteca Pública do Paraná promove entre os dias 8 e 11 de dezembro a quarta edição de sua festa literária, a Flibi. Devido à pandemia da Covid-19, a programação deste ano acontece totalmente online, com bate-papos ao vivo e gratuitos transmitidos no canal do YouTube BibliotecaPR.

Eliane Brum, Ignácio de Loyola Brandão, Xico Sá, Ferréz e Mel Duarte são alguns dos mais de 20 convidados do evento, que também conta com oficinas e atrações para o público infantil.

O tema da Flibi 2020, que tem curadoria do escritor e jornalista Yuri Al’Hanati, é ‘História ao Vivo — uma reflexão acerca das grandes transformações vivenciadas pelos povos do mundo na contemporaneidade’. “A Flibi deste ano reflete o momento que estamos passando, tanto no formato quanto no conteúdo. Toda digital, a Festa Literária da Biblioteca será uma grande oportunidade de vivenciar e discutir a relevância desta época que ficará para a História”, diz Ilana Lerner, diretora da BPP.

A abertura do evento conta com a presença da premiada jornalista e romancista gaúcha Eliane Brum, autora do recente ‘Brasil, Construtor de Ruínas’, que vai refletir sobre as profundas transformações do país ao longo dos últimos anos e como essas mudanças são compreendidas na arte e na política. A mediaça~oserá realizada pelo jornalista Mauri König.

Na quarta-feira, 9, com mediação de Omar Godoy, acontece o Bate Papo Prêmio Biblioteca Digital, com Mariana Basílio, Guido Viaro, Alécio Donizete e Leonardo Nogueira. Os primeiros colocados das quatro categorias do concurso literário promovido pela BPP em 2020 falam de seus processos criativos e próximos projetos. No mesmo dia, com mediação de Julie Frank e participação do psicanalista  Christian Dunker, o tema da discussão é ‘2020 no Divã’. A conversa irá tratar sobre a quarentena, o novo normal e as novas dinâmicas sociais provocadas pela pandemia da Covid-19.

Na quinta-feira, mais duas apresentações. No ‘Olhar para Onde?’, com mediação de Mariana Sanchez, os participantes Xico Sá e Luís Henrique Pellanda discutem a crônica diante de situações adversas para a observação. Em ‘A Poética de Agora’, Mel Duarte comenta o momento da poesia no Brasil, o resgate da tradição oral e a força política das palavras para fora da bolha literária. A mediação é de Jussara Salazar

Fechando a semana, na sexta-feira, Paulo Scott e Ferréz conversam em ‘Nação e Raça’, onde serão discutidas as relações no debate político do racismo estrutural, com mediação de Elias Júnior. Por fim, sob mediação de Christian Schwartz, os autores Ignácio de Loyola Brandão, Joca Reiners Terron e Luisa Geisler trocam experiências no painel ‘Admirável País Novo’, comentando os desafios da ficção em alcançar a realidade brasileira e o papel da fabulação do futuro na compreensão do presente. A programação completa, com as oficinas e atividades para crianças, pode ser conferida no site da BPP (bpp.pr.gov.br).

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.