Foto: Duplex/ Pixabay

Estamos em 2021 e o isolamento continua. Passamos por um lockdown e momentos difíceis. Aumentos constantes de suprimentos básicos, a saúde em colapso, a rotina continua alterada, o risco de contágio ainda é grande e o home office continua para a maioria.

Problemas psicológicos, problemas ortopédicos e financeiros estão sendo causados pelo longo tempo em casa. A falta de contato com a família e amigos (de alguns), a má postura e falta de estrutura adequada no home office e a diminuição no salário, atrasos e desemprego. Tudo está afetando a população psicologicamente.

Algumas pessoas se redescobriram no isolamento e perderam a vontade de socializar. Em resumo, acham que puderam avaliar melhor as pessoas ao seu lado, não precisam lidar com pessoas tóxicas do trabalho, forçar a socialização e não ter que lidar com problemas que não são seus. Além disso, perderam o gosto e a paciência com lugares lotados. Já outros, sentem falta da sua antiga rotina, dos amigos, do cinema, das festas, de socializar, dos amigos e do ambiente de trabalho.

Não se sabe ao certo quanto tempo isso vai durar, a única certeza que temos é que é real, pessoas estão morrendo. Mesmo vacinados, se cuidem! Usem máscara, lavem as mãos e usem álcool em gel, mantenham distância, não façam festas e, principalmente, tenham mais empatia e respeito por aqueles que perderam seus entes queridos para a Covid-19.

Vanessa Guerra é jornalista formada em Comunicação Social com ênfase em Jornalismo, pós-graduada em Administração e Marketing, graduanda do curso de Sociologia, mestranda do Programa de Pós-graduação em Jornalismo da UEPG, redatora da BGS Mídia e coordenadora de Comunicação do Centro Latino-americano de Estudos em Culturas – CLAEC.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.