Está chegando uma data que tem se tornado bastante popular no Brasil: o Halloween (Dia das Bruxas). Acredita-se que a celebração surgiu a partir do Festival Celta da Colheita, o Samhain (o termo significa “fim do verão”). Eles acreditavam que neste dia, o “véu” entre o mundo dos mortos e o mundo dos vivos se abriria, e assim, as almas dos mortos poderiam circular livremente pela Terra. 

Marcado por comemorações no calendário americano, o 31 de outubro é celebrado com festas a fantasia; o famoso “Doces ou Travessuras”; esculpir a abóbora com rostos característicos; jogos e programas que envolvem coisas assustadoras – sessões de cinema, casas do “terror” e contos de histórias assombradas – além disso, a decoração das casas é muito importante. Nos Estados Unidos, o Halloween é tão importante quanto o Natal. 

Em suma, a data foi sofrendo adaptações ao longo dos anos até chegar no que conhecemos hoje, se tornando uma mistura de muitas tradições. 

No Brasil, como forma de valorizar e resgatar as raízes do folclore popular, em um Projeto de Lei de 2003, foi decretado que o 31 de outubro seria o Dia do Saci. Mas, infelizmente, a data brasileira ainda é pouco lembrada, e o Halloween ganhou uma importância maior e foi incorporado em nossos calendários. 

Curiosidade: Na Inglaterra, a celebração é conhecida como “All Hallows' Eve” – “Hallow” termo que significa “santo”, e “eve” é o mesmo que “véspera”. É comemorado no dia 1º de novembro.

Feliz Dia das Bruxas! 

Vanessa Guerra