Uso de máscaras em espaços fechados deixa de ser obrigatório em Colombo

Uso de máscaras em espaços fechados deixa de ser obrigatório em Colombo

Uso de máscaras em espaços fechados deixa de ser obrigatório em Colombo
A exceção do decreto continua sendo nas dependências físicas de serviços de saúdes públicas e privadas de Colombo e para aqueles que apresentem algum sintoma de contaminaçãoFoto: Arquivo/Jornal de Colombo

Duas semanas após liberação nos espaços públicos, Colombo dispensa agora o uso de máscaras também em espaços fechados

Após meses de enfrentamento à Covid-19 e com a queda expressiva no número de casos e óbitos, a Prefeitura de Colombo dispensou a obrigatoriedade do uso de máscaras de proteção facial em locais fechados do município.

A medida passou a valer já na última terça-feira (29), quando foi publicado o Decreto nº 042, que seguiu o protocolo adotado pelo Governo Estadual e estabeleceu as novas diretrizes sobre o uso de máscaras em Colombo.

O município foi o primeiro da região metropolitana a aderir ao decreto estadual. Mais cedo, Curitiba já havia estabelecido a liberação, se antecipando até mesmo à orientação do Governo Estadual.

Há duas semanas, a Prefeitura já havia retirado a obrigatoriedade do uso de máscaras em ambientes abertos e agora dá um novo passo para reestabelecer a normalidade do período pré-pandemia.

A exceção do decreto continua sendo nas dependências físicas de serviços de saúdes públicas e privadas de Colombo, onde ainda é obrigatório o uso de máscaras, bem como para aqueles que apresentarem algum sintoma de doença respiratória.

Nas redes sociais, o prefeito Helder Lazarotto anunciou as mudanças e comemorou a proximidade do fim do período de pandemia. “É claro que os cuidados ainda permanecem, mas é um momento muito importante, porque mostra o trabalho dos profissionais da saúde e os cuidados da nossa população, que fizeram com que essa pandemia enfim chegasse ao final”, afirmou o prefeito.

No último boletim epidemiológico publicado pela Secretaria Municipal de Saúde no dia 29 de março, foi registrado apenas uma nova contaminação, que se junta aos 71 casos ativos de todo o município.

Posts