Joia colombense esbanja talento dentro da sala de aula e do campo de futebol - Jornal de Colombo

Joia colombense esbanja talento dentro da sala de aula e do campo de futebol

Joia colombense esbanja talento dentro da sala de aula e do campo de futebol
Com a bola nos pés ou com o caderno em mãos, Guilherme Henemann é craque por onde passaFoto: Guilherme Boller

Com apenas 12 anos de idade, o jovem é um dos grandes destaques do futebol de base do município, mas também é craque dentro da sala de aula

De tempos em tempos, o futebol brasileiro revela grandes jogadores que se destacam não só no país, mas também pelo mundo, fazendo que o Brasil seja considerado um grande celeiro de craques.

Em Colombo, a modalidade também é muito popular e grandes jogadores do futebol mundial têm as suas raízes ligadas aos campos do município. O meia Alex, ídolo no Coritiba, Palmeiras, Cruzeiro e Fenerbahçe da Turquia é o exemplo mais claro disso.

O zagueiro Henrique, que teve passagens pelo Barcelona e pela Seleção Brasileira, além de ter sido multicampeão nacional, é outro jogador de sucesso que iniciou a sua trajetória há muitos anos atrás nos gramados de Colombo.

Na esteira destes grandes nomes, o município vem lapidando uma nova joia, que mostra muito talento, esforço e dedicação dentro e fora de campo. Assim como grande parte das crianças brasileiras, o jovem colombense Guilherme Henemann Santos sonha em um dia poder vestir a camisa de um grande clube e fazer do esporte, a sua paixão, também a sua profissão.

Para mim, o esporte nunca foi só um passatempo, eu vi que dava pra melhorar, pra me aperfeiçoar e por isso eu treino todos os dias. Com certeza, com a minha dedicação, eu posso e vou virar um jogador no futuro”, declara com confiança o jovem atleta.

Apaixonado por futebol, o jovem atleta exibe com orgulho as medalhas, certificados e camisas que acumulou ao longo de sua trajetória no esporte (Foto: Guilherme Boller)

Apesar de já ter um plano bem claro em mente, Guilherme demonstra uma maturidade, mesmo tendo apenas 12 anos de idade. Ele sabe que o seu talento pode levá-lo a realizar sonhos inimagináveis, mas também entende que nesta fase de sua vida, o estudo tem um papel determinante para definir o seu futuro.

Para isso, ele emprega na sala de aula a mesma dedicação de dentro dos gramados. Não à toa, o seu boletim é recheado de notas 10. Os pais de Guilherme, não escondem o orgulho que sentem pelo filho, não só por ele ser um atleta e um aluno dedicado, mas também pelo fato de os dois serem professores.

“Eu acho muito importante ele nunca ter deixado de se dedicar aos estudos, pelo contrário, a busca e a dedicação dele pelo intelectual e pelo conhecimento chega a me surpreender”, conta Valdeneia Henemann, mãe de Guilherme e professora de Ciências e Biologia. “Como professora, eu tenho vários alunos que são atletas ou que gostam muito da disciplina de educação física, que se sobressaem nessa área mais atlética, mas não ligam tanto para outras disciplinas ou deixam que o estudo meio em segundo plano”, completa.

Valdeneia diz ficar triste por ver que muitos alunos com potencial esportivo não dedicam os mesmos esforços dentro da sala de aula, pois entende que a educação ajuda a desenvolver diversas características na vida de um atleta “Como diz o Guilherme: o jogador precisa interpretar um jogo, precisa ter uma boa comunicação, precisa fazer cálculos matemáticos, então o estudo também é a base de um bom atleta”, destaca Valdeneia.

Seja com a bola nos pés ou com o caderno em mãos, o jovem Guilherme Henemann inspira com sua dedicação e esforço (Foto: Guilherme Boller)

 Histórico

Segundo os pais de Guilherme, desde muito cedo ele já mostrava um diferencial intelectual, pois sempre demonstrava iniciativa para buscar novos conhecimentos. Por ser uma criança bem agitada, o pediatra sugeriu que que ele passasse a praticar um esporte, sendo escolhido o futebol quando Guilherme tinha cinco anos.

A partir daí, os pais do garoto começaram a fazer investimentos em escolinha, treinos e começaram a perceber que ele estava se desenvolvendo como atleta e amadurecendo cada dia mais. Com dez anos, ele foi observado por um olheiro das categorias de base do Paraná Clube, que o convidou para fazer um teste na equipe.

Logo na primeira exibição, ele chamou a atenção dos preparadores por conta de sua percepção de jogo que, para eles, já era muito avançada para a sua idade, fazendo com que ele rapidamente fosse aprovado e passasse a treinar junto com o time tricolor.

Por lá, ele ficou até 2021, quando ingressou no Clube Desportivo Paranaense, onde ele treina até hoje. Com a camisa do novo time ele já disputou competições locais, regionais e nacionais, destacando-se por sua competitividade, dedicação e esforço.

“Nosso atleta Guilherme Hanemann é uma prova de que é possível dedicar-se ao esporte e aos estudos simultaneamente ente e ter êxito nas duas frentes. Aqui no Clube Desportivo Paranaense, ele é destaque na sua categoria, já que é muito atento, tem grande potencial de assimilação, é competitivo e esforçado”, destaca o Clube Desportivo Paranaense, equipe onde Guilherme treina atualmente.

Professores, os pais de Guilherme mostram muito orgulho do filho não só pelo talento esportivo, mas também pela dedicação na escola (Foto: Guilherme Boller)

Mais do que os treinamentos, o clube é responsável também pelo acompanhamento dos atletas na escola, exigindo a apresentação trimestral do boletim de seus jogadores e cobrando não só o bom rendimento dentro de campo, mas também na sala de aula.

“Nós apoiamos que todos os atletas tenham como prioridade os estudos e que tenham uma vida esportiva ativa, pois o esporte forma, molda e faz os atletas serem cidadãos preparados para o que vida vai exigir. Deixamos uma palavra apoio a todos os jovens atletas, de ambos os sexos, para que se dediquem aos estudos, em primeiro lugar e tenham uma vida dentro do esporte, pois ele é maravilhoso e com toda a certeza mudará a vida de todos”, afirmou em nota o Clube Desportivo Paranaense.

Aluno da Escola Estadual Caminhos da Natureza, Guilherme também tem os seus passos acompanhados de perto pela escola, que o auxilia mostrando que, assim como outras carreiras, a vida de atleta também é uma profissão que o aluno precisa desenvolver a partir dos ensinamentos professorados em sala de aula.

“Guilherme demonstra que é possível conciliar estudo e carreira esportiva. As notas obtidas são sempre as melhores, pois ele sempre supera as expectativas escolares. Com essas excelentes notas, certamente o Guilherme terá um futuro promissor e de muito sucesso, seja na carreira esportiva ou em outra profissão que optar”, afirma Marisol, diretora da escola.

Ao perceber o reconhecimento de seu filho, Valdeneia não esconde o orgulho que sente por ele e diz esperar que a história dele inspire a de outras pessoas. “Eu gostaria de deixar claro o orgulho, não só como mãe, mas também como professora, pois eu vejo assim que é possível sabe? Quando eu vejo um exemplo desse dentro de casa, eu gosto de compartilhar essa história, pois é uma maneira de incentivar os alunos e outras pessoas”, finaliza a mãe orgulhosa.

Posts