Hackatons movimentaram Curitiba no final de semana

Mais de 120 alunos se inscreveram para participar do evento de Hackaton que começou na manhã do último sábado (28), se estendeu pela noite e terminou no dia seguinte com a apresentação dos resultados dos grupos de trabalho. Nos mesmos dias, acontecerem mais 3 grandes eventos na cidade com a mesma dinâmica de trabalho, o II Hackathon da Ordem dos Advogados do Brasil OAB – Seção Paraná, com foco em soluções jurídicas; o Hackathon Bosch Agro, que buscou soluções para os negócio agro e em um formato mais amplo o Reação Urbana, com propostas para revitalização urbana do Rebouças e Prado Velho.

O Hackathon Soluções de Cidadania trouxe para a discussão os seguintes temas: fomento ao uso do transporte público, cidadãos solucionando problemas da cidade, Curitiba se conectando com o mundo, formação para Inovação, formação em cidadania, reforma e manutenção das escolas, envolvimento dos familiares nas escolas, poluição do ar, despoluição dos rios, lixo reciclável, prevenção a doenças, ocupação para terceira idade, Melhoria da alimentação da população, segurança no transporte público, insegurança causada pelo desemprego e a utilização de imóveis e espaços desocupados.

Das três equipes participantes, a equipe Hackapontos, formada pelos alunos Theo La Pastina Modesto, Tarcísio Zotelli Ferraz, Bruno Mendonça Patinho, Wesley Fonseca Carvalho e Naamah Azevedo Verissimo foi a grande vencedora. A equipe elaborou a proposta de desenvolvimento de um aplicativo para smartphone que possibilita a ligação entre a comunidade e o município, incentivando o exercício da cidadania através de um sistema de pontos e troca de serviços, incentivando a zeladoria urbana e participação social no cuidado com a cidade.

O evento é mais uma ação integradora do Vale do Pinhão com as universidades e a iniciativa privada no fomento da inovação na cidade, que além deste evento, Curitiba sediou mais 3 grandes Hackathons no mesmo formato, mas com temas diferentes nos mesmo dia. “Essa integração Prefeitura, universidades, alunos e os players da inovação na cidade está cada vez mais forte, hoje temos simultaneamente 4 grandes eventos de inovação na cidade e muitos outros estão por vir”, comenta Tiago Francisco da Silva, diretor técnico da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, que acompanhou os 4 eventos no final de semana. 

Um dos parceiros do evento na Universidade Positivo foi a empresa curitibana EBANX, que é uma “fintech”, termo derivado da junção das palavras Financial (financeiro) e Technology (tecnologia) para determinar empresa inovadora na área de soluções para o mercado financeiro.  Criada em 2012 e com a matriz até hoje no centro de Curitiba, fornece soluções de pagamento locais da América Latina para milhões de usuários de e-commerces globais como AliExpress, Airbnb, Spotify, Playstation e Facebook e emprega mais de 250 funcionários.

O estudante de sistemas de Informação da Universidade Positivo, Wesley Fonseca Carvalho, ficou até o final da noite de sábado com sua equipe para propor novas ferramentas para a gestão pública de Curitiba e comentou sobre a importância da proximidade da administração pública na busca de novas soluções: “A presença dos representantes da prefeitura é muito importante para a gente entender a realidade do sistema, não dá pra ficar só criticando, é preciso estar junto e ajudar o serviços público de alguma forma”, comenta.

O evento contou com as parcerias do programa Vale do Pinhão, da Prefeitura de Curitiba, Sebrae e da empresa EBANX.

FOTO – Divulgação

error: Content is protected !!