Polícia Civil elucida latrocínio com prisão de suspeito em Colombo

Alex Beza Goes, 19 anos, suspeito pelo crime de latrocínio que vitimou Carlos Ramon Dias Del Antônio, de 18 anos, foi preso na manhã de sexta-feira (02), pela equipe de investigação da Delegacia de Colombo/Sede, em cumprimento a um mandado de prisão preventiva. O rapaz foi encontrado em um residência, localizada no bairro Arapongas.

O crime que vitimou Antônio, aconteceu na noite do dia 15 de janeiro deste ano, no bairro Roça Grande. Na ocasião, a vítima havia saído de casa para buscar a esposa – que retornava do trabalho – em um ponto de ônibus, como costumava fazer. Quando retornavam juntos para a casa, Antônio, a esposa e uma amiga, foram abordados por Goes e um adolescente, de 17 anos, já apreendido pela polícia na época em que ocorram os fatos.

A dupla deu voz de assalto aos três e ordenou, sob ameaça, que todos entregassem os celulares. Momento em que pegaram os pertences das mulheres e quando tentaram pegar o de Antônio, ele reagiu e acabou sendo atingido com um golpe de faca na nuca. A vítima não resistiu aos ferimentos e faleceu no local.

O delegado-titular da Delegacia do Alto Maracanã, Reinaldo Zequinão, afirma que desde que o caso chegou para a Polícia Civil, as equipes de investigação trabalharam intensamente, a fim de solucionar o caso e responsabilizar o suspeito. “Em uma rápida ação dos policiais, foi possível apreender o adolescente envolvido no fato, bem como identificar Goes e solicitar por sua prisão preventiva junto a Justiça. As buscas foram incessantes até localizarmos”, finaliza o delegado.

Goes responderá pelo crime de latrocínio e encontra-se preso na Delegacia de Colombo, onde aguarda à disposição da Justiça.

Foto – Divulgação

error: Content is protected !!