PM do Paraná promove operação conjunta com o Gaeco catarinense e faz apreensões na RMC

A Polícia Militar do Paraná, em conjunto com Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (GAECO) de Santa Catarina, desencadeou a Operação Integração que resultou na apreensão de 80 quilos em emulsões de explosivos, armas de fogo, munições e documentos relacionados a organização criminosa. As ações, que ocorreram na última quarta-feira (02/08),resultaram também na prisão de 13 pessoas.

Segundo informações repassadas pelo 17º BPM,a operação tem como objetivo coibir ações criminosas em estabelecimentos bancários nos dois estados. As atividades foram feitas pelo 17º Batalhão de Polícia Militar (17º BPM), pertencente ao 6º Comando Regional da PM (6º CRPM), e pela Companhia de Operações com Cães (COC) do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), que cumpriram 33 Mandados de Busca e Apreensão em residências.

No Paraná, as equipes atuaram nos municípios de Fazenda Rio Grande, Araucária, Pinhais, Tijucas do Sul, Quitandinha e Curitiba.

Os policiais apreenderam 80 quilos em emulsões de explosivos; três fuzis calibre 5.56; um fuzil calibre 7.62; uma submetralhadora HK calibre 9mm; uma espingarda calibre 12; duas pistolas; um revólver calibre 38; uma espingarda calibre 22; 95 quilos de emulsões de explosivos; 1,5 mil munições calibre 5.56; 310 munições calibre 7.62; quatro munições calibre .50; seis munições calibre .38; três coletes balísticos; aparelhos celulares e documentos relacionados a organização criminosa.

A Operação Integração, que durou em cinco meses, iniciou-se a partir do levantamento de informações relacionadas ao crime de organização criminosa voltada a prática de roubos e furtos qualificados, praticados por autores fortemente armados, mediante uso de explosivos, conhecidos vulgarmente por caixeiros. As ações uniram os esforços dos órgãos responsáveis pela Segurança Pública do Estado de Santa Catarina e Paraná.

Foto – 17º BPM

error: Content is protected !!