Denarc prende 16 pessoas suspeitas de integrar quadrilha na capital

Policiais do Denarc encontraram 89 quilos de maconha , 11,5 de crack e 2,8 de cocaína, além de 80 pontos de LSD, 20 de ecstasy e mais de R$ 10 mil em dinheiro em de uma organização criminosa que vendia drogas em praças de Curitiba e também no terminal de ônibus do Guadalupe. Entre os detidos nas duas fases da operação estão um paraguaio residente em Foz do Iguaçu que trazia a droga para Curitiba e os traficantes que a revendia para pequenos distribuidores. Os chefes desta quadrilha já tinham sido presos pela Denarc há cinco meses, mas foram soltos e voltaram a traficar drogas.

A quadrilha agia da seguinte maneira: A droga era transportada por Isidro Cano de Foz até Curitiba. Na capital, o entorpecente era entregue para alguns traficantes, que distribuíam para outros criminosos que atuavam no Centro da cidade – especificamente em praças e também no terminal Guadalupe.

Na primeira fase da operação, foram detidos: Celsemiro Correa, Isidro Ramon Cano, Luã Pereira Costa Lima, Diego de Almeida, Adilson de Assunção Castro, Wellington Padilha Amaro, Alex Correia Martins Vieira e Angélica Aparecida Lima Mendes. Todos eles estão presos em unidade do sistema penitenciário do Paraná.

Já na última quarta (26) e quinta-feira (27), os policiais do Denarc prenderam outras oito pessoas: Roseli de Andrade Martins, Elvis de Andrade Martins, Larissa Souza de Lucena, Dorival Ferreira Leal, José Jumar de Mello Cardoso, Andrew César Valindorf, Marcos Vinícius Pereira da Silva e Kevin Daniel de Souza Carneiro Gonçalves.

Todos eles responderão pelos crimes de tráfico de drogas, associação ao tráfico e organização criminosa. Se condenados eles podem ficar até 15 anos detidos.

Foto – Policia Civil do Paraná

error: Content is protected !!