PM e Secretaria de Educação lançam projeto voltado à comunidade escolar em Curitiba

O Colégio Estadual Cláudio Morelli, no bairro Umbará, em Curitiba, foi palco do início dos trabalhos do projeto Comemorando na Escola: juntos construindo um futuro melhor. O evento ocorreu na manhã de segunda-feira (7) e contou com diversas atividades oferecidas pela Polícia Militar, pela Coordenadoria de Defesa Civil Estadual, pela Casa Militar e pela Secretaria de Educação para estimular a integração com os alunos.

O projeto é uma iniciativa do Governo do Estado que congrega secretarias e autarquias públicas na promoção da educação por meio de ações interativas nos colégios estaduais. As atividades iniciaram-se em 2016 e foram retomadas neste mês em alusão às comemorações dos 163 anos da Polícia Militar. Neste ano houve a participação da Casa Militar e da Coordenadoria de Defesa Civil, que fizeram um exercício prático com os alunos.

Logo no início do evento a Defesa Civil Estadual fez um exercício de evacuação com os alunos, simulando um abandono emergencial das dependências do colégio. Foi uma atividade inédita e que trouxe informação e orientação aos estudantes para que saibam como agir diante de um momento de risco. O aluno Guilherme, do 1º ano, elogiou a iniciativa. “Em uma situação de desespero teremos alguma noção do que fazer”, disse.

“O ambiente escolar é agradável e aproveitamos para mostrar aos alunos como construírem um futuro profissional e serem cidadãos. A atividade da Casa Militar é a Defesa Civil na escola, aonde a brigada escolar ensina os estudantes e os professores de como eles precisam se comportar em uma situação de pânico, de desastre ou até mesmo de incêndio em um prédio”, disse o Secretário Chefe da Casa Militar, coronel Elio de Oliveira Manoel.

O projeto visa a integração entre a PM e a comunidade estudantil (alunos, professores e pais) demonstrando um pouco dos serviços de segurança pública que a corporação faz para a sociedade, além de permitir que os jovens conheçam a atividade policial militar e possam se interessar pela carreira. Para isso foram apresentados equipamentos e viaturas utilizados para o policiamento, bem como um pequeno concerto da sesquicentenária Banda de Música da PM. “Essa parceria é importante por que estamos abrindo os portões de nossas escolas para que a Polícia Militar, que é muito parceira da Secretaria de Estado de Educação no projeto e no programa da Patrulha Escolar, possa vir mostrar os seus serviços aos nossos alunos, fortalecendo ainda mais a integração com a comunidade escolar”, disse a Superintendente da SEED, professora Inês Carnieletto.

INSTITUIÇÕES
Além do Colégio Estadual Cláudio Morelli, outras três instituições de ensino público estadual receberão o projeto, todos na região Sul de Curitiba (Sítio Cercado e Umbará) nesta semana. As atividades iniciam-se a partir das 7h30 e seguem até 11h com oficinas e exposição de materiais do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), do Batalhão de Patrulha Escolar Comunitária (BPEC), do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), do Batalhão de Polícia Ambiental Força Verde (BPAmb-FV), do Regimento de Polícia Montada (RPMon), do Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas (BPMOA) e do Corpo de Bombeiros.

“Isso é um diferencial e qualifica os integrantes da nossa corporação, dando uma visibilidade gigantesca para a nossa instituição”, disse o Chefe da 5ª Seção do Estado Maior, tenente-coronel Vanderley Rothenburg.

Os alunos participaram da solenidade de abertura que foi presidida pelo Secretário Chefe da Casa Militar, coronel Hélio, e pela Superintendente da Secretaria de Educação, professora Inês Carneletto, além de representantes das duas instituições. Todos os presentes aplaudiram a desempenho da Banda de Música da PM que entoou o Hino Nacional e Hino do Paraná. A vibração maior dos jovens foi com as canções internacionais como Lady Gaga e outras muito conhecidas.

Depois da abertura, as turmas visitaram as exposições e demais atrações preparadas pela 5ª Seção do Estado Maior da PM, uma das organizadoras e autoras do projeto. Os militares estaduais interagiram com os estudantes e demonstraram um pouco das peculiaridades da atividade policial militar e a atuação de cada unidade. “Achei bom ter esse trabalho, pois é um exemplo aos alunos, principalmente aqueles que ainda não se atentam ao futuro”, disse o estudante Valter Ribeiro Neto, do 1º ano do Ensino Médio.

FOTO – Soldado Levi Junior

error: Content is protected !!