Polícia Civil liga corpo achado em Colombo a enfermeiro desaparecido

Na manhã desta quarta-feira (10), membros da Polícia Civil de Colombo e do Instituto Médico Legal, encontraram o corpo de um homem no meio de um matagal na Colônia Prado, região rural do município.  Ao que tudo indica, a vítima é Everson José Cogiski, 38 anos, enfermeiro que em Dezembro de 2017 desapareceu em Curitiba apos ser visto pela última vez no hospital em que trabalhava, no bairro batel.  Segundo o Delegado Erineu Portes, da Delegacia da Sede, foi fácil fazer a ligação por conta dos objetos encontrados junto ao corpo, já em estado de decomposição.  “Pelos documentos pessoais, roupa, mochila, cartão, aliança e até seringas e soros, deduzimos mesmo que o corpo é do técnico de enfermagem. Um morador encontrou e nós fomos fazer as buscas, confirmando a informação”, afirmou Portes. O IML já realizou o recolhimento do corpo e não se sabe se a vítima continha sinais de violência, por conta do estado em que ela foi encontrado.

As buscas começaram na noite de terça-feira (09), mas por conta do local ser muito afastado, impossibilitando a visibilidade no período noturno, os serviços foram retomados nesta quarta-feira, pela manhã.  Everson, que havia desaparecido no dia 11 de dezembro, passava por problemas pessoais com a sua esposa, que havia deixado a casa em que o casal vivia junto na época. Segundo informações do Boletim de Ocorrência registrado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa, ele mandou mensagens para o celular dela e realizou uma transferência de dinheiro de sua conta para a da mulher. No dia em que acabou desaparecendo, Everson levou consigo uma injeção letal, informação confirmada por funcionários do hospital.

Everson era pai de duas meninas e nunca apresentou nenhum comportamento anormal, segundo a própria família. Ele trabalhava no hospital há 11 anos.

FOTO – MARCOS GARCIA

 

FOTOS – DIVULGAÇÃO

error: Content is protected !!