Programa social do Governo melhora condição de vida no campo

Agricultores dos municípios de Antônio Olinto, General Carneiro, Paula Freitas e Porto Vitória, localizados n região Sul do Paraná, estão entre os que receberam recursos do Renda Agricultor Familiar para investir na geração de renda e na melhoria da qualidade de vida. O valor repassado pelo Governo alcança o valor de R$ 124 mil para investimentos rurais.

Este incentivo faz parte do programa Família Paranaense, que é direcionado às famílias da área rural, em situação de vulnerabilidade, dos municípios classificados como prioritários, ou seja, que detêm os menores Índices de Desenvolvimento Humano (IDHs). Até o fim de 2019, a meta estadual é alcançar 5,6 mil famílias com um investimento que chegaria aos R$ 16 milhões.

Os recursos cedidos são usados em pequenas reformas que melhoram o saneamento básico, no incentivo à produção para consumo próprio e para impulsionar atividades agrícolas, com compra de sementes, insumos e equipamentos. Desde o seu lançamento, no fim de 2016, 78 famílias da região já foram atendidas.

Os beneficiários do Renda Familiar devem ser acompanhados pelo Família Paranaense, viver na área rural, sobreviver da agricultura e ter renda per capita mensal de até R$ 170. Assim sendo, eles recebem o benefício fixo de R$ 2 mil ou R$ 3 mil, pago em parcelas de R$ 1 mil. O recurso deve ser investido no projeto pré-definido entre a família e técnicos da Emater, conforme a necessidade do agricultor.

Foto – Aliocha Mauricio /SEDS

error: Content is protected !!