No Paraná, 80% das 2,1 mil escolas estão em reforma

O Governo do Estado liberou recursos para melhorias em aproximadamente 80% dos colégios da rede pública de ensino. Das 2,1 mil escolas, 1,6 mil estão passando por reformas neste momento e começarão o ano letivo com nova pintura, salas de aula, laboratórios, banheiros, rede elétrica e outras instalações restauradas.

Coordenadas pelo Instituto Fundepar e com supervisão da Casa Civil, as obras estão sendo realizadas através dos programas Escola 1.000, Renova Escola, Mãos Amigas e Reparo Rápido. O pacote é um dos maiores já lançados pelo Governo do Estado para atender a infraestrutura da rede de ensino do Paraná e também das Apaes.

“Educação é a nossa prioridade”, afirmou o governador Beto Richa. Ele ainda fez questão de destacar o programa Escola 1.000. “Esse programa representa um grande avanço na democratização da gestão das escolas, pois envolveu toda a comunidade escolar em audiências públicas para decidir onde aplicar os recursos. Foi uma decisão muito democrática e transparente de toda a comunidade escolar”, disse.

Durante a última semana, o chefe da Casa Civil Valdir Rossoni percorreu onze municípios do Interior para debater com diretores escolares as principais demandas e autorizar obras em mais 25 colégios dos núcleos de educação das regiões Norte, Sudoeste e Oeste.

“Os recursos foram disponibilizados pelo governador, que também exigiu celeridade. E a pressa é porque queremos começar o ano letivo com quase todas as nossas escolas reformadas. São muitas obras acontecendo ao mesmo tempo e isso exige um enorme esforço. Nosso objetivo final é oferecer uma infraestrutura adequada para professores e estudantes”, explicou Rossoni.

Só e, 2018, as cinco equipes que atuam na capital e Região Metropolitana já reformaram 49 escolas. Na última quinta-feira (18), o chefe da Casa Civil se reuniu com diretores escolares de Palmas, Clevelândia e Laranjeiras do Sul. Na sexta (19), esteve em Irati, Prudentópolis e Guarapuava, onde vinte e seis das 59 escolas administradas pela regional estão sendo revitalizadas. Outras doze escolas ainda serão autorizadas por Rossoni a executar serviços de reforma ao longo dos próximos dias.

Foto – Hedeson Alves

error: Content is protected !!