Governo do Estado apresentou os resultados do último ano

O chefe da Casa Civil Valdir Rossoni participou nesta segunda-feira (5), em Curitiba, da retomada dos trabalhos da Assembleia Legislativa em 2018. Representando o governador Beto Richa, o secretário fez a leitura da mensagem do Executivo com resumo da situação do Estado. Rossoni explicou que o último ano começou a marcar o fim da recessão econômica que atrasou o desenvolvimento do país e do Estado por três anos. “Felizmente, a nossa expectativa, hoje, é de que a crise ficou para trás, o país vai retomar o crescimento econômico – quiçá em bases mais sustentáveis – e o Estado do Paraná está numa situação fiscal privilegiada com todas as condições de elevar a sua capacidade de investimento em 2018 e nos próximos anos”, garantiu.

O chefe da Casa Civil também destacou o ajuste fiscal promovido por Beto Richa. “Devido às medidas de ajuste adotadas em 2014 e 2015, o Paraná foi um dos entes federados menos afetados pela longa crise – não houve aqui atraso no pagamento de salários do funcionalismo e de dívidas públicas, observado em vários estados brasileiros”, completou. A mensagem aos deputados destacou os investimentos realizados pelo Governo do Paraná em programas de transferência de renda para atender 157 mil famílias em situação de vulnerabilidade social, como o Família Paranaense que beneficiou 378 dos 399 municípios.

Na saúde, foram aplicados R$ 3,7 bilhões no ano passado, o que representa 15,6% a mais que em 2016 e 12,7% das receitas líquidas do executivo estadual. Também houve contratualizações com 98 hospitais, o que aumento significativamente o oferta de leitos em todas as regiões do Estado.
Na habitação, foram 88 empreendimentos com a entrega de 7.370 moradias. Outros 97 estão em execução nesse momento em parceria com prefeituras e governo federal. Outras 4.633 casas populares serão inauguradas em breve.

Em saneamento básico, o investimento foi de R$ 888 milhões na ampliação das redes de esgoto (86 mil novas ligações) e de fornecimento de água tratada (61.380 ligações). A segurança e a educação também foram destaques no balanço anual. Só no ano passado foram compradas 882 viaturas, contratados de 2,8 mil novos policiais militares além da aquisição de armas e equipamentos modernos. Já na educação, o investimento aconteceu em programas de reforma e ampliação de instituições de ensino. Entre eles, o Escola 1.000 –  onde foram aplicados R$ 100 milhões –, Reparo Rápido e Mãos Amigas.
No próximo dia 28, adiantou Rossoni, será lançado pelo governador Beto Richa o programa Escola Conectada, onde serão investidos R$ 283 milhões para a modernização da informática nas escolas. 

Foto – Kleyton Presidente

error: Content is protected !!