Estados se unem pela criação do Fundo da Região SUL

A criação do Fundo Orçamentário da Região Sul (Fundo Sul) foi defendida pelos governos do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul na reunião do Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul (Codesul), realizada nesta terça-feira (12), em Porto Alegre.

A governadora em exercício Cida Borghetti participou do encontro e enfatizou a importância do Fundo para a execução de obras de infraestrutura e no apoio a programas de redução das desigualdades sociais na região. “Será uma importante ferramenta para ampliar a capacidade de investimento dos estados e auxiliar no avanço de políticas públicas de interesse da população.”

Segundo estudo apresentado pelo presidente do Banco Regional de Desenvolvimento Sul (BRDE), Orlando Pessuti, o Fundo Sul pode ser criado por meio de medida provisória presidencial e irrigado com recursos que não são aplicados por outros Fundos Constitucionais, como os do Norte, Nordeste e Centro-Oeste. “Há estimativa que somente neste ano sobrem R$ 2 bilhões nesses fundos”, afirmou Pessuti. O assunto está sendo analisado pelo Governo Federal.

MULHERES
Também foi definida a criação de um grupo de trabalho com representantes dos quatro estados para unir esforços no combate à violência contras mulheres nas regiões de fronteira. Será traçado um diagnóstico e o mapeamento dos pontos de violência contra mulheres nas áreas de fronteira dos Estados do Codesul.

Cida Borghetti destacou algumas das políticas do Paraná nesta área e lembrou que o Estado lançou recentemente o botão do pânico para proteger mulheres vítimas de violências e abusos. O dispositivo está em funcionamento em 15 municípios paranaenses. “Contem com o apoio dos nossos técnicos”.

FOTO – JONAS OLIVEIRA/VICE-GOVERNADORIA

error: Content is protected !!