Educação abre matrículas para estudantes da rede particular de ensino

Estudantes oriundos da rede particular de ensino, de outros estados, países ou que estão mudando de cidade já podem solicitar uma vaga na rede estadual de ensino. O prazo para o requerimento começou na última segunda-feira (18) e se encerra na sexta-feira (22). A rede estadual de ensino atende em média mais de um milhão de alunos, distribuídas em 2,1 mil escolas.

Pais ou responsáveis devem ir até a nova escola escolhida para informar a pretensão de vaga. “Esses alunos têm prioridade de ocupação das vagas disponíveis para matrículas, em relação aos alunos que já possuem vagas garantidas em outra instituição de ensino estadual, tanto nas séries de continuidade quanto nas séries/anos iniciais”, disse Ines Carnieletto, superintendente da Educação do Paraná.

Caso a escola procurada não possua vagas disponíveis, caberá à direção da instituição, ao Documentador Escolar de cada município ou aos Núcleos Regionais de Educação (NREs), a responsabilidade de verificar a existência de vagas para atendimento a esses alunos. Em Curitiba a procura fica sob a responsabilidade dos setores de área do NRE.

“Havendo vagas disponíveis a instituição de ensino confirmará a vaga ao aluno. Não havendo vagas na escola escolhida, o aluno será encaminhado a outra instituição de ensino da rede pública estadual, ou ao NRE respectivo garantindo a ele o direito à matrícula”, explicou a superintendente.

No caso em que um aluno de escola estadual deseje se transferir para outro estabelecimento da rede, no mesmo município, é necessário aguardar até o dia 02 de janeiro de 2018. As aulas de 2017 terminam nesta quarta-feira (20). E as aulas de 2018 começam no dia 19 de fevereiro, na semana seguinte ao Carnaval.

Foto – Hedeson Alves/SEED

error: Content is protected !!