Colégios de Colombo são beneficiados com recursos do Estado

O governador Beto Richa anunciou na quarta-feira (31/01) que o Estado vai dobrar o montante de recursos do Fundo Rotativo repassado às 2,1 mil escolas da rede estadual de ensino. Em 2017 o Estado repassou R$ 67 milhões do Fundo Rotativo. O dinheiro entra diretamente na conta das escolas e é utilizado para pequenas despesas, como a compra de materiais e reparos menores da estrutura.

Ao anunciar a medida, o governador afirmou que a decisão atende a uma das principais reivindicações dos diretores e da comunidade escolar. “Mais uma vez usamos o diálogo para atender as demandas das nossas escolas. Ninguém melhor que a comunidade escolar para dizer o que é necessário ser feito”, afirmou o governador, durante reunião com diretores de 11 colégios da Região Metropolitana de Curitiba.

Ele assinou a ordem de serviço, no valor de R$ 2 milhões, para obras de reparo nestas escolas, que pertencem ao Núcleo Regional de Educação da Área Metropolitana Norte.

Municípios
Os R$ 2 milhões liberados na quarta-feira para escolas da RMC estão dentro do programa Reparo Rápido e vão atender 11 escolas de Almirante Tamandaré, Campo Magro, Colombo, Itaperuçu, Pinhais, Rio Branco do Sul e Campina Grande do Sul. A previsão é destinar, dentro do programa, R$ 65 milhões para o reparo de 300 escolas neste ano, em todo o Estado.

São beneficiados pelo programa os colégios que não foram contemplados pelo Escola 1000

Colombo
Colégios beneficiados

Professor Altair da Silva Leme – Colombo – R$ 209.999,86

Genésio Moreschi – Colombo – R$ 210.000,00

Luiz Sebastião Baldo – Colombo – R$ 164.635,67

Rui Barbosa – Colombo – R$ 209.998,13

Foto – Divulgação

error: Content is protected !!