Retrospectiva de Montes Ribeiro segue em cartaz no Memorial de Curitiba

Com cerca de 80 obras, a retrospectiva “27 Anos de Artes Visuais – Luiz Arthur Montes Ribeiro” reúne pinturas em óleo e acrílica, nanquim, aquarelas, desenhos, objetos e instalações selecionados pelo próprio artista para contar a sua história. A exposição fica aberta, para visitação gratuita, no Salão Brasil do Memorial de Curitiba, até 9 de julho.

 Suas criações, explica Luiz Arthur, nascem na escrita. “Tudo tem verso, os títulos são literários. Existe, efetivamente, uma conversa entre o literário e o visual, que se fundem para que surja a obra”, pontua ele. O mar também sempre foi muito presente em seu trabalho, mesmo antes das temporadas em Itapoá, litoral de Santa Catarina, e Guaratuba, litoral do Paraná. Neste período, entre 2007 e 2015, criou muito. “O tempo era aquele. Com a disponibilidade de estar em frente ao mar, você transcende no seu ser buscando a felicidade. E isso faz com que se renove a criatividade”, comenta Luiz Arthur ressaltando a importância de exercitar a criatividade. “Dissocio o dom, que é divino e todos trazem em si, da criatividade, que exige ser alimentada e instigada”.

Desta forma, Montes Ribeiro traçou seu caminho se permitindo atuar em várias frentes, sempre interligadas por um objetivo maior, vinculado ao desejo de compartilhar conhecimento e fortalecer as artes.  Fez os primeiros desenhos aos 13 anos e já tinha a escrita como companheira. Morando em Curitiba desde 1980, é graduado em Letras Português/Inglês, pós graduou-se em Artes Plásticas e é Mestre em Educação.  Participando de exposições coletivas e individuais desde 1994, tem em seu currículo mais de uma centena delas, inúmeros Salões de Artes, com premiações em alguns.

Autor de nove livros, organizador de dois catálogos de arte e com participação em várias coletâneas poéticas, é fundador do Fórum de Cultura do Paraná, Membro do Conselho Estadual de Cultura e do Conselho Estadual de Educação. Traz no currículo, ainda, a curadoria de dois espaços de arte e cultura e da Festa Literária de Guaratuba. É membro do Centro de Letras do Paraná, do Centro de Letras de Paranaguá Leôncio Correia e diretor do Instituto Montes Ribeiro. “Sempre gostei muito do que faço, das possibilidades que meus trabalhos abrem para mim, da chance de ter novos contatos”.

Fotos – Luiz Arthur

error: Content is protected !!