Exposição Farnese de Andrade na Caixa Cultural Curitiba

A Caixa Cultural Curitiba apresenta, de 20 de setembro a 19 de novembro, a exposição Farnese de Andrade – Arqueologia Existencial. A mostra reúne um conjunto de obras pertencentes a coleções particulares e dos herdeiros do artista, mapeando sua produção ao longo dos anos 1970, 1980 e 1990. A exposição revela a linguagem única e singular do artista, mostrando sua personalidade e trajetória fundida com as fases de sua obra. Na noite da abertura, dia 19 de setembro, o curador Marcus de Lontra Costa estará presente. A mostra prevê recursos de cor, som e iluminação para acentuar as características dos trabalhos e proporcionar ao público um clima lúdico e intenso.

Farnese de Andrade (1926-1996) é considerado um dos mais expressivos artistas de sua geração. A exposição na Caixa Cultural propõe o resgate de sua memória através de uma mostra abrangente e relevante. O artista contribuiu de forma decisiva para a história da arte brasileira e agrega valores internacionais na construção das questões vanguardistas do século XX.

Com uma produção ininterrupta participou de diversas bienais no Brasil e no exterior e suas obras hoje são disputadas entre grandes colecionadores. Farnese é um dos mais valorizados artistas brasileiros e tem obras nas maiores coleções particulares e museus do Brasil e do mundo, como: Coleção de Arte Latino-Americana da Universidade de Essex, na Inglaterra, Instituto de Arte Contemporânea de Londres, MAC Niterói (RJ), Museu de Arte Moderna de Nova Iorque (MoMA), MAM RJ, Museu Nacional de Belas Artes e MAM SP, entre outras.

Além de obras, a mostra apresentará o filme “Farnese” (1970) do cineasta Olívio Tavares e Araújo – premiado como melhor curta-metragem no Festival de Brasília, em 1971, e único filme latino-americano selecionado no Festival de Cannes, em 1972. Também será exibido um vídeo contendo uma entrevista com o curador Marcus Lontra e textos/poemas que ajudam a elucidar a trajetória e os fundamentos artísticos de Farnese de Andrade.

Foto – Tadeu Fesse

error: Content is protected !!