Canal Colombom ganha prêmio pelo documentário “Crise de Identidade”

Silvio Kurzlop, Bruna Kurzlop e Wellington Barz formam a equipe do Canal Colombom, que tem como objetivo mostrar as coisas boas que Colombo oferece. Voltado para o público jovem, o Canal procura valorizar principalmente a parte cultural do nosso município.

“Essa ideia surgiu, porque percebemos que as pessoas ainda têm um ‘preconceito’ com Colombo. É divulgado muitas coisas ruins a respeito do nosso município, precisamos mostrar que também temos coisas boas”, conta Silvio Kurzlop.

Em setembro deste ano o Colombom completa dois anos. “Nós não recebemos pelo nosso trabalho. Fazemos por gostar. Já nos ofereceram remuneração, mas gostamos de fazer da nossa forma e falar o que pensamos. Decidimos continuar caminhando do nosso jeito”, relata Silvio.

Recentemente o Canal lançou o documentário “Crise de Identidade”, que participou do 5º Festcine de Pinhais, sendo indicado em três categorias – Melhor Filme, Melhor Direção e Melhor Roteiro. O documentário saiu vitorioso e ganhou o prêmio de Melhor Roteiro. “A ideia do documentário surgiu a partir do cancelamento da Festa da Uva. Tivemos a ideia de documentar esse momento, então, fomos aprender como fazer, nos reunimos e tivemos esse resultado bastante positivo. Gostaríamos de agradecer a todos que nos deram apoio, todos que fizeram parte desse projeto e aos organizadores do evento de Pinhais, fomos muito bem recebidos”, diz Bruna Kurzlop.

Wellington Barz ainda fala da alegria em ganhar o prêmio. “Foram três dias de trabalho, dois dias gravando e no terceiro dia fizermos a ‘Festa sem Uva’. Quando nos inscrevemos e fomos indicados foi uma alegria imensa. Ficamos muito felizes com esse prêmio. Não tínhamos experiência, mas corremos atrás, gravamos, editamos e conseguimos chegar ao resultado final”, conta.

Para o futuro a equipe pretende continuar divulgando os artistas e a cultura de Colombo. “Queremos que os artistas de Colombo mostrem seu trabalho. Já cobrimos eventos de esporte, exposições, dança, lançamento de livro, entre várias outras coisas. Às vezes vamos em alguns lugares e nos negamos a realizar a cobertura quando percebemos que são eventos oportunistas. Nosso objetivo é divulgar os artistas de Colombo, as coisas boas, o que temos a oferecer. Esses são os nossos planos”, finaliza Silvio.

Quem quiser conhecer mais sobre o Colombom pode conferir a página no Facebook f/CanalColomBom.

Foto – Vanessa Guerra

error: Content is protected !!