Caixa Cultural traz a Curitiba o talento de Arnaldo Antunes

A Caixa Cultural Curitiba apresenta, de 25 a 29 de outubro, o espetáculo de Arnaldo Antunes. Um dos mais consagrados artistas brasileiros da atualidade, Antunes apresenta ao público um show mais intimista, acompanhado de Chico Salem (violão e guitarra) e André Lima (teclados e sanfona). Explora com liberdade uma nova sonoridade a cada canção, propondo combinações de violões, guitarras, teclados e sanfona. Essa formação mais concentrada revela as canções de outro modo, evidenciando as letras das composições.

Autor de mais de 460 composições, nesse show Arnaldo Antunes apresenta um repertório que passeia por músicas de toda sua carreira, como “Não Vou Me Adaptar”“O Pulso”“Alegria”“Essa Mulher” e “Muito Muito Pouco”. O show também traz canções escritas em parceria com Paulo Miklos (“Fim do Dia”), Marisa Monte e Carlinhos Brown (“Consumado”), Liminha (“Invejoso”) e Alice Ruiz (“Socorro”), entre outros artistas.

Sobre Arnaldo Antunes
Poeta, cantor e compositor, Arnaldo Antunes nasceu em São Paulo, em 1960. Integrou o grupo Titãs, com o qual gravou sete discos. Mesmo depois de ter se desligado do grupo, seguiu compondo ao lado dos demais integrantes dos Titãs. Em carreira solo desde 1992, lançou os discos NomeNinguémO SilêncioUm SomO Corpo (trilha para espetáculo de dança do Grupo Corpo), ParadeiroSaibaQualquerAo Vivo no EstúdioIêIêIê, Ao Vivo Lá em Casa, A Curva da Cintura, Acústico MTV e Disco, além de Tribalistas (com Marisa Monte e Carlinhos Brown) e Pequeno Cidadão (projeto infantil com Edgard Scandurra, Taciana Barros, Antônio Pinto e seus filhos).

Multiartista, Arnaldo Antunes tem vários livros publicados no Brasil (entre eles PsiaTudosAs Coisas2 ou + Corpos no Mesmo Espaço40 EscritosComo É Que Chama o Nome Disso e N. D. A., na Espanha (Doble Duplo) e em Portugal (Antologia). Já trabalhou como ensaísta na Folha de S. Paulo, evidenciando o embasamento teórico que acompanha suas composições. Foi VJ da MTV Brasil durante o ano de 2011, comandando o programa Grêmio Recreativo. Faz ainda incursões nas artes plásticas. Em outubro de 2008 foi apontado pela revista Rolling Stone como um dos 100 maiores artistas da Música Brasileira.

Foto – Thiago Sabino

error: Content is protected !!