Abertura do FicBic contou com vencedor do Festival de Brasília

Premiado no prestigioso Festival de Rotterdam e vencedor do Festival de Brasília, o filme “Arábia” abriu o Festival de Cinema da Bienal de Curitiba’17 (FicBic) na noite desta quinta-feira (dia 10) no Espaço Itaú de Cinema. Dirigido pelos mineiros Affonso Uchôa e João Dumans, o filme faz parte do Circuito Brasileiro, uma das mostras que se estendem até o dia 19 de novembro de 2017, apresentando mais de cem filmes.

Na abertura, o diretor-presidente da Bienal, Luiz Ernesto Pereira, homenageou o secretário de Estado da Cultura, João Luiz Fiani, pelas inúmeras conquistas obtidas na área cultural, entre elas a aprovação do Plano Estadual de Cultura, a instalação do Conselho Estadual de Cultura (Consec), e o lançamento do Profice, plano de incentivo ao audiovisual. “Somando os investimentos, este governo já investiu R$ 25 milhões no cinema paranaense”, declarou Fiani ao agradecer a homenagem.

 Vários circuitos compõem o festival de cinema. No que contempla o cinema brasileiro, com curadoria da professora Denise Araújo e do crítico e jornalista Paulo Camargo, estão sete longas-metragens e 14 curtas, que refletem a inquietação do momento atual do país. Os filmes revelam especialmente diretores que, apesar de jovens, já concentram inúmeras premiações. “Arábia” é justamente um exemplo do vigor do cinema contemporâneo que se faz no Brasil, conforme salientaram os curadores.

O FicBic traz ainda os circuitos: Curto-Circuito (infanto-juvenil); Mundial (com mostras australiana, chinesa, espanhola, norueguesa e israelense); Clássicos; Diretor Homenageado, com um ciclo em homenagem ao diretor francês Jacques Demy (1931-1990), o mestre das comédias musicais; e Circuito Universitário.

A programação completa pode ser vista também no site www.ficbic.com.br e pelo facebook.com/ficbic.

Programação Completa
Programação Festival de Cinema da Bienal de Curitiba

Foto – Irmãos Thoms

error: Content is protected !!