Ford apresenta o primeiro veículo híbrido plug-in para uso policial nos EUA

A Ford apresentou nos Estados Unidos seu primeiro carro de polícia híbrido plug-in – com bateria que pode ser recarregada na tomada –, capaz de rodar até 34 km no modo elétrico com uma carga. Chamado “Special Service Hybrid”,  o veículo é derivado do Fusion e faz parte dos investimentos da marca em eletrificação e no segmento policial, do qual é a principal fornecedora nos Estados Unidos. 

“Este é o primeiro veículo de polícia da Ford capaz de rodar um turno completo sem usar gasolina”, diz Stephen Tyler, gerente de marketing de veículos policiais da Ford. “Qualquer um pode conectá-lo a uma tomada comum para rodar somente com eletricidade, sem combustível e emissões”.

A Ford já apresentou este ano o primeiro veículo híbrido especialmente preparado para uso em perseguição policial, além da picape F-150 Police Responder, também a primeira do mercado destinada para uso em perseguição.

Carro para patrulhamento
O novo híbrido é destinado ao patrulhamento e transporte de oficiais de polícia e bombeiros, investigadores e outras funções públicas na área de segurança que não exigem um veículo classificado para perseguição.

A cabine tem bancos dianteiros revestidos com tecido resistente e placas de proteção no encosto. O banco traseiro e o assoalho são forrados em vinil. O sedã traz também suporte para montagem de equipamentos, luzes de sinalização, rodas de liga especial e distribuição auxiliar de energia no porta-malas.

Para seu funcionamento, o carregador de 3,3 kW embarcado no veículo permite carregar totalmente a bateria de 7,6 kilowatt-hora em apenas 2,5 horas, em 240 volts. Mas a Ford prevê que a maioria dos usuários não precisará mais que uma tomada comum de 120 volts para recarregá-lo.

A bateria de íons de lítio permite ao veículo rodar até 34 km com uma carga e chegar perto de 140 km/h usando somente o motor elétrico. Quando a carga da bateria termina o veículo é alimentado pelo sistema gasolina-elétrico, capaz de rodar mais de 800 km, eliminando a preocupação com autonomia dos carros puramente elétricos.

Como opcionais exclusivos, há farolete para o motorista, cofre e sistema de ventilação no porta-malas, trava das portas traseiras e vários tipos de iluminação de emergência. Outro recurso especial é o que permite reduzir em até 100% a iluminação interna e do painel para serviços de vigilância.

Foto – Divulgação/Ford

error: Content is protected !!